quinta-feira, 26 de março de 2015

A Privataria Tucana- Amaury Ribeiro Jr

Recomendação de leitura
Livro - A Privataria  Tucana
Amaury Ribeiro Jr
SP ,Geração Editorial, 2011, Coleção História Agora

Parece que este país vive sob o signo da corrupção. É esta a constatação que fazemos com a leitura oportuna da obra de Amaury, porque por ela e, através dela, constatamos, exatamente, que  a corrupção, o ganho fácil, a lesão ao patrimônio público, o financiamento de campanhas eleitorais com  dinheiro sujo, lavados em paraísos fiscais, é uma constante no país

Muda-se a sigla dos partidos, muda-se os  caciques, mas  os meios de enriquecimento, de lesão aos cofres públicos, ao patrimônio nacional continua  como sendo uma normalidade, tão normal que, figuras públicas que, na minha óptica, seriam considerados  como de reputações ilibadas, demonstram as suas ambiências com a falcatrua, com a engenhosidade do branqueamento de dinheiro, com o desvio de dinheiro público para contas no exterior.
O intricado movimento do dinheiro, que move todo o labirinto politico, estende  suas garras  e alcança a todos,  fazendo ricos alguns, favorecendo a tantos outros promovendo rápidos enriquecimentos de pessoas e empresas que se propõe a entrar na maracutaia.
Filhos de políticos, que muitos  consideram de reputação ilibada, aqui estão  ajudando os seus    pais a  continuarem com as suas devidas reputações,  embora elas não se sustentem diante de uma investigação meticulosa, totalmente  comprovada, como a que foi feita pelo autor.
É incrível como, diante de tantos fatos comprovados, nada aconteceu. Os políticos  citados na investigação feita pelo autor, pasmem! continuam como senadores, altos funcionários  do Estado, enfim, nada aconteceu. As Operações  se sucedem, muitas acabando em pizza, afinal, como as pessoas envolvidas que usam de quaisquer estratégias, seja para ganharem dinheiro, seja para se apropriarem do dinheiro público, seja para receberem propinas  por favorecimento  nas vendas de grandes empresas estatais, que foram privatizadas são  pessoas de grande  destaque  no cenário nacional (políticos na sua grande maioria) utilizam as suas forças, sejam legais ou não, para  continuarem na impunidade e gozando  dos privilégios que somente eles podem ter  como políticos que são.
É terrível ver os métodos, não só para enriquecerem ilicitamente, mas para  ganharem eleições, utilizando meios que ofendem os direitos do cidadão, e nos deixam com a clara noção de que, qualquer um de nós, cidadãos comuns, pode ter a sua vida devassada, se, por algum motivo, incomodarmos, ou melhor,  sejamos suspeitos de incomodar  um “poderoso” destes.
Mas como disse o Juiz  Sergio Moro, à frente  da operação Lava Jato, e como fez o autor do livro anteriormente, basta seguir o dinheiro; seguindo-o conseguimos  identificar, descobrir e, esperançosamente, ao menos  nesta última operação, que com as demais tratadas no livro, envolve  altos funcionários de empresas estatais, corrupção, propinas,   políticos, doleiros, inclusive um que  é a bola da vez na atualidade, o Youssef, vê-los, a todos, os de ontem e os de agora, e ainda os que certamente virão, respondendo por todos os seus crimes, sendo desmascarados  diante da sociedade que espera  ansiosa que o país tome o rumo da decência, da ética, da  moralidade.