quinta-feira, 22 de setembro de 2016

E que Deus nos ajude!

Atônita ouço a noticia de que o Guido Mantega, o Ministro da Fazenda de Lula e Dilma foi preso na 34ª fase da operação Lava Jato!  Estarrecida tomo conhecimento dos motivos da prisão temporária decretada.
Segundo o noticiário,  o dito Ministro, enquanto tal, era o mediador entre o partido e os empresários que prestavam algum tipo de serviço ao governo, no sentido de angariar fundos para  o pagamento das campanhas e das dívidas de campanhas do PT e o fazia, exatamente, na condição de Ministro, usando o poder que tinha como tal, constrangendo os empresários a fim de que estes fizessem as doações, para que tivessem liberadas as suas faturas.
Eike Batista é contundente. Só ele e as empresas dele deram quase cinco milhões de reais.  Assusta tudo, assusta a cifra, assusta o enredo, assusta tudo. Sem dúvida alguma que a corrupção sempre esteve presente  nos governos deste país, todavia custa-me crer que  ela tenha sido institucionalizada da maneira que  acontece desde que o PT  assumiu o poder. 
Pois não é que o Guido Mantega, tal qual a Dilma Roussef fazia parte do Conselho da Petrobrás? E é exatamente da Petrobrás que deriva todas as falcatruas perpetradas pelo Governo Lula-Dilma. Não interessa que outros partidos também tenham se beneficiado dessas doações espúrias, o que interessa é que  a troca  de favores entre as grandes empreiteiras e  a cúpula do poder  estão imbricadas de uma maneira que fica difícil  acreditar que  as coisas não ocorreram da maneira que  a operação Lava – Jato   demonstra.
É o caos completo! Pior que a noticia é o posicionamento  de alguns políticos a respeito. Então  não é que se tem coragem de dizer  que  isto é mais um golpe  contra o ex presidente Lula, que é a continuação do golpe montado para tirar Dilma  da presidência e inviabilizar a candidatura de Lula em 2018.  O cinismo é demais. 
Será possível que, homens  como  o próprio Eike Batista, por um  tempo um playboy milionário que deu as cartas neste país, pois estava metido em todos os grandes negócios , inclusive  contratos milionários para  construção de plataformas para a Petrobrás; Marcelo Odebrecht, o maior construtor do país de fora dele, dentre outros, estão mentindo  o tempo todo e  o governo  não? Como encobrir mais as coisas? As falcatruas, as negociatas? Não dá mais, as coisas foram escancaradas! Entretanto, diante de tantas evidências todos estão mentindo e o governo, de  quase catorze anos , período em que tudo aconteceu, é que está sendo alvo de  calúnias?  Difamações dos seus membros, etc.?
Como justificar  que o Ministro da Fazenda, que passou mais de nove anos  no poder, além de Conselheiro da Petrobras, não sabia que  todas estas coisas ocorriam exatamente debaixo de seu nariz? E os dois presidentes! Lula e Dilma, esta última também participante do Conselho da Petrobrás, tendo, inclusive, presidido tal Conselho durante um bom tempo, não sabiam o que aconteciam debaixo das suas barbas?
Os dois ex-presidentes ao negarem não saberem de nada, não receberem nada, enfim, inocentes, não entendem que dão o atestado da incompetência, da irresponsabilidade?  Como será que está agora a cara dos senhores senadores que deixaram Dilma Roussef com direitos políticos?  O que ainda querem ver?  De que ainda o povo brasileiro pode  ser alvo?
Ouço ainda a informação de  que os  marqueteiros, os responsáveis pelas campanhas de Lula e Dilma  receberam dinheiro através de  contratos fictícios, cujos pagamentos da prestação de serviço(não efetivada) eram feitos através de depósitos em contas no exterior?
Olhem que  quem afirma que recebeu  o dinheiro é exatamente a Sra. Monica, a que é casada com o João Santana, o expert em mentiras eleitorais, que enganam os pobres mortais, cidadãos carentes que  acreditam nas boas  intenções do partido que tomou conta do poder no Brasil por uma grande período.
Ainda bem não estava eu recuperada desta noticia, e aparece mais uma manchete  informando que  15 milhões de reais foram doados por dezesseis mil  beneficiários  da bolsa família.  Puta merda! Como  pessoas que recebem bolsa família podem doar  a astronômica quantia de quinze milhões de reais?  Onde estamos nós? A quem  se quer enganar?  Será possível que todos acham que os cidadãos brasileiros, pobres, ricos, brancos, negros, indígenas, enfim, o povo brasileiro é idiota?
De tudo o que aconteceu hoje, há que se dar, mais uma vez, parabéns ao Juiz Sergio Moro, pois ao contrário do que diz o PT e tantos outros, é um homem integro, capaz, e mostra a sua sensibilidade no momento em que revoga, de imediato, a prisão determinada do ex- ministro, tendo em vista o momento difícil que a família está passando, embora o ato esteja sendo considerado, como sempre pelos detratores da lei, como uma confissão da ilegalidade da prisão decretada. A interpretação é realmente assustadora, depois de tudo que se ouviu e viu nas provas apresentadas.   
“Liberdades públicas e individuais estão sendo sequestradas pelo Juiz do Paraná” estas foram as palavras do advogado do Sr. Guido Mantega.  É interessante este tipo de argumento. O Juiz Sergio Moro usa a lei, exclusivamente ela, para nortear todas as suas ações, portanto não há qualquer violação de liberdade individual. Quem vem sequestrando as liberdades públicas e individuais são os governantes que tentaram, aliás, conseguiram, afundar o país, fazendo com que todos os brasileiros sintam vergonha de si próprio por terem colocado no poder pessoas sem quaisquer escrúpulos, que somente tiveram a intenção de beneficiar-se de alguma maneira, de enriquecer ilicitamente, de tirar vantagens.  É inacreditável que as nossa fortunas, a grande maioria delas, tenham sido criadas  com o   dinheiro  do contribuinte, com o desvio de verbas publicas.
“Operação boca de urna”, esta é a expressão utilizada pelo Presidente do PT, o Sr. Rui Falcão, outro que não sabe de nada, que é inocente tal qual os demais da cúpula, para dizer que  esta operação é para atrapalhar o PT, agora em época de eleição e na iminência  da nova candidatura  do  ex-presidente.
Uma coisa me deixa intrigada. Ora se o Guido Mantega é inocente! Se  ele não sabe destas operações de doações ilegais, se não participou das negociações: Qual o motivo de se falar em  “delação premiada”?  Vai dizer o que?
Certamente ele  tem muito a dizer, e tanto tem que  a cúpula petista está toda assustada e preocupada.  Por que será?  E se isto não parar aí? Como acreditar? Se tudo isto chegar a Palocci e em tantos outros?
È, vamos ficar esperando os próximos passos!  E que Deus ajude o povo brasileiro?