segunda-feira, 9 de junho de 2014

Para quem gosta de carne - Malassada


Desde muito pequena gosto de carne, e, principalmente, da malassada, ou malassado, que era feita por minha avó Antonieta e por minha mãe.
Todos nós lá em casa somos carnívoros, de pai a neto, ou melhor, de fio a pavio, só deixamos de comer carne quando o dinheiro não dava nem para o ovo de galinha, quiçá para alcatra, filé especial ou filet mignon, carnes recomendadas para a malassada, que, como o nome sugere é uma carne muito mal passada, mas que fica saborosa. Por gostar tanto e achar que todos devem degustá-la, digo a maneira como eu faço e que todos, sem exceção, que já a provaram, adoram
Detalhe: é uma comida rápida e combina bem com arroz, batatas ou macarrão, mas um caldo desta maravilha por cima do feijão nosso de cada dia é imperdível. Ah! Também é excelente para os preguiçosos que não gostam de ficar na cozinha.
Carne - Filé mignon, filé especial (contra filé) ou alcatra (prefiro os dois primeiros)
Molho – Tomate, pimentão, cebola e alho.
Tempero – pimenta do reino, sal e extrato de tomate.
Limpe a carne tirando todas as nervuras. O tamanho é você quem decide. Se for contra filé e estiver muito largo, corte no meio no sentido vertical.  Passe na carne o sal e a pimenta, depois que tiver passado os dois, lambuze a carne com o extrato de tomate (pouco, pois é somente para ajudar a carne a ficar dourada). Se estiver sem pressa deixe um pouco no tempero, caso contrário pode passar à segunda fase de imediato.
Coloque uma panela, ou se preferir, uma frigideira no fogo (eu faço na caçarola para não sujar o fogão), deixe esquentar bem, muito mesmo, coloque um fio de azeite de oliva, eu boto bem pouquinho, deixe esquentar bem o azeite, quando estiver bem quente coloque a carne, deixe dourar de todos os lados. Para ela ficar bem dourada, enquanto estiver dourando, levante a carne e deixe a panela secar e fazer aquela crosta marrom no fundo, recoloque a carne esfregando-a no fundo da panela, para que ela pegue toda aquela cor, vá fazendo isto até que todos os lados estejam da mesma tonalidade.
O levantar a carne e deixar a panela ficar com o fundo marrom é fundamental, porque a carne fica dourada e evita que ela passe do ponto, pois a malassada é mal assada mesmo, tem de ficar dourada por fora e vermelha por dentro.
Pronta a carne coloque-a em algum recipiente e passe a fazer o molho: bote na panela o pimentão, a cebola o alho e o tomate cortados em rodelas (com o vc preferir). Coloque um pouco, mas muito pouco mesmo, de água para ajudar no cozimento dos temperos, uma colher de extrato de tomate, se quiser e perceber que o resíduo que ficou na panela não é suficiente para dar gosto ao caldo, coloque um caldo de carne, mais um pouco de sal e pimenta, deixe amolecer bem e o caldo um pouco, ele fica com uma cor de ferrugem.
Na hora de servir,coloque a carne em um recipiente que dê para ela ser cortada em fatias, que devem ser finas, a fim que o sabor da carne seja realmente percebido, jogue o molho por cima juntamente com o caldo que saiu da carne enquanto ela estava esperando o molho ficar pronto. 

Acompanhe com macarrão a alho e óleo e manjericão (se não souber fazer me pergunte que eu digo como é; com arroz, purê de batatas, enfim, o acompanhamento é você quem decide. Mas se preferir o macarrão, faça este, porque outro molho vai mascarar o sabor da malassada que é a vedete da festa.

Bom apetite.